All for Joomla All for Webmasters

Não quer continuar na sala de aula? Saiba as outras oportunidades na área da educação

Não quer continuar na sala de aula? Após alguns anos em sala de aula, muitos professores não estão satisfeitos com o cargo, e almejam mudar de área dentro da educação, seja para procurar novos desafios que condizem com seus objetivos atuais ou pela situação em sala que já não satisfaz o educador.

Muitas vezes o professor não conhece quais outras áreas pode atuar e não tem tempo de parar e pesquisar, assim acaba se acomodando e não tenta mudar a situação atual do cargo, o que resulta em frustração pessoal e profissional.

O mercado para profissionais da educação está cada vez mais amplo, o que não limita o professor lecionar apenas em sala, mas procurar outras áreas de atuação, como:

  • Cargos de Gestão Escolar – São cargos como Diretor, Coordenador e Supervisor, esta costuma ser a principal escolha por estar mais próxima da realidade dos professores e muitos já conhecem, mesmo que superficialmente, a rotina e atividades desses cargos, inclusive muitos professores já atuam como coordenadores. É importante ressaltar que para assumir ester cargos de forma definitiva pode ser necessario cumprir certas exigências, como ter uma formação específica ou ter um determinado período de experiência;
  • Secretaria Escolar – Também se trata de um cargo próximo a realidade dos professores. É muito comum que professores sejam realocados para a secretária por questões de saúde, tanto física quanto psicológica/emocional;
  • Neuropsicopedagogo – Trata-se de uma área mais recente, normalmente com foco em educação inclusiva, que permite tanto a atuação em escola (formação institucional), quanto a atuação em consultórios (formação clínica). Tem crescido muito ultimamente e é uma boa alternativa para professores que não tem interesse em cargos adiministrativos e querem continuar atuando com a prática pedagógica diretamente com os alunos;
  • Recursos Humanos em instituições privadas e públicas – Não é uma opção muito comum pois os professores acham distante da sua realidade, mas vem crescendo o interesse das organizações em contratar pessoas com formação em pedagogia para atuar na área de recursos humanos, visto que os conhecimento pedagógicos são muito úteis para o setor de treinamento;
  • Consultoria e/ou assessoria para empresas, órgãos de governo ou organizações sociais (ONGs) – Muitas organizações privadas e públicas, que não são necessariamente escolas, mas que atuam com educação, contratam professores e pedagogos para prestar assessoria e consultoria para questões pedagógica e didáticas;
  • Elaboração de políticas públicas – Alguns orgãos públicos contratam professores e pedagogos para elaborar (ou axiliar) projetos de políticas públicas voltadas para a educação, especialmente políticas regionais (a nível municipal).

Ao escolher o próximo desafio do qual quer atuar, basta procurar as qualificações necessárias e se preparar para ingressar no mercado. Sabendo qual caminho deseja seguer poderá complementar sua formação com cursos que o diferenciem no mercado escolhido. O pedagogo tem cada vez mais um leque de opções e caminhos a percorrer dentro do ambiente educacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *