All for Joomla All for Webmasters

Como Os Vingadores podem ajudar a melhorar sua aula

 

 

 

 

Os Vingadores são uma equipe de super-heróis de histórias em quadrinhos publicada pela editora Marvel. Os heróis mais conhecidos da versão atual são nomes que provavelmente você já ouviu falar, como Thor, Hulk, Capitão América e Homem Aranha. Mas o que faz esse grupo ser tão reconhecido e admirado pelos jovens de todo o mundo?

Antes de entender os Vingadores, compreenda a grande difusora destes eventos, a Marvel. No início dos anos 90 havia um crescente interesse do público por histórias em quadrinhos, o que consequentemente gerou um mercado próspero para editoras. Isso deveria ser ótimo, mas pense no seguinte, quando um produto recebe mais atenção de investidores do que ele realmente vale, o que pode desencadear? No mundo dos negócios isso se chama bolha, e quando ela estoura provoca uma crise.

Obviamente a Marvel sofreu com este acontecimento, os fãs simplesmente pararam de comprar, pois se deram conta de que os quadrinhos não valeriam tanto quanto eles projetavam. A Marvel respondeu a crise cobrando mais caro por seus quadrinhos, porém preço alto e expectativas baixas aprofundaram a Editora na crise, estamos falando de uma queda de aproximadamente 70%.

Como se recuperar deste cenário? A Marvel precisava fazer dinheiro urgentemente, então começou a vender os direitos de seus personagens; o Homem-Aranha foi pra Sony, o Quarteto Fantástico e os X-Men foram para Fox. Dessa forma, todo os direitos desses personagens e lucro dos filmes foram para os estúdios.

Nesse horizonte caótico surge uma luz de esperança. Em 1998 o primeiro filme de personagem licenciado da Marvel, Blade, com Wesley Snipes,foi lançado pela New Line (pois é, sabia que Blade é da tal Marvel?). Depois em 2000 a Fox lançou X-Men, e esse filme é considerado responsável pelo renascimento da era de heróis no Cinema. Logo em seguida a Sony lançou Homem-Aranha, que arrecadou impressionantes 400 milhões de dólares, porém a Marvel não via um tostão se quer desses filmes.

O bom disso tudo é que a Marvel conseguiu se estabilizar com esses sucessos, já que o público voltou a se interessar por revistas em quadrinhos. Então, a editora foi até o banco Merryll Lynch e pediu um empréstimo pra um projeto que envolveria a criação de dez filmes, todos interligados no que seria um “universo cinematográfico compartilhado” A Merryll Lynch aceitou, e colocou na conta da Marvel Studios 525 milhões de dólares. Caso as coisas não dessem certo, tudo que restava da editora pertenceria ao banco.

Para iniciar os trabalhos, a Marvel apostou em um herói que ainda não estava licenciado, não era conhecido como o Homem Aranha ou Hulk, mas serviria, o Homem de Ferro. Para interpretar o herói seria contratado o ator Robert Downey Jr. Apesar de ser um ator talentoso, estava enfrentando problemas com drogas que corroíam sua carreira.

E quem diria? Um herói de classe baixa, um ator em fim de carreira, uma empresa no fundo do poço, e um resultado esplêndido. O filme foi aclamado pela crítica e amado pelo público, abriu uma nova fase para a Marvel Studios. Desde então a empresa lançou quase 10 anos de filmes interligados até o grande evento, Vingadores: Guerra Infinita.

 

A maioria dos fãs não conhece esta história, mas admiram imensamente a Marvel pela qualidade de seus filmes e o fato inédito do universo compartilhado e o lançamento do próximo filme, que será em abril de 2018, já está deixando os jovens eufóricos desde agora.

Esta é uma grande oportunidade para os professores criarem uma conexão maior com seus alunos e aproveitarem esses temas para criarem propostas de aula que chamem a tenção. Deixamos aqui algumas dicas de como usar os personagens da Marvel em sala de aula, mas também recomendamos assistirem aos filmes para tirarem mais ideias de como explorar isso com seus alunos:

Recomendamos para Você: Como Integrar sua Matéria ao tema Copa do Mundo

 

Como usar Os Vingadores na sala de aula? (Por personagem)

Homem de Ferro (Tony Stark): Tony é conhecido com um gênio da tecnologia, é o personagem perfeito para incentivar os alunos a pesquisarem mais, e se interessarem por tecnologia profundamente. É muito fácil associar o Sr. Stark a Alan Turing, pai da computação, e a Bill Gates, que não apenas é um gênio, como também filantropo e bilionário (entendeu a referência?). A forma como a armadura do Homem de Ferro funciona também pode ser usado de exemplo para explicar conceitos da física, química e matemática.

Hulk (Bruce Benner): O Dr. Benner é outro grande exemplo para os alunos, não somente por sua força física que salva a Terra sempre que o emocional fala mais alto, mas também pela pessoa que ele representa na sociedade. Benner é um cientista atômico, foi inicialmente incentivado a usar da radiação gama para criar bombas, mas ao invés disso desenvolveu um projeto para curar doenças. Infelizmente (ou felizmente) o projeto foi alterado causando a transformação do Golias verde (Hulk). O evento e a história do personagem podem ser ideais para explicar química, física e biologia.

Viúva Negra: A representante feminina não é uma figurante, mas uma mulher que demonstra que com preparo é possível integrar uma equipe de super-heróis, mesmo sem poder algum. A personagem é ideal para professores de história explicarem 2ª Guerra Mundial e Guerra Fria, devido sua história prover de ambas origens. Também pode ser usada para discutir a função da mulher na sociedade, disciplinas como história, sociologia e filosofia.

Thor: Este é um dos mais queridos personagens de Vingadores. Thor é filho de Odin, assim como na Mitologia Nórdica, o que abre espaço para o professor falar a respeito de mitologia nórdica e para abordar a relação entre religião/mitos e sociedade em história e sociologia. Felizmente na cultura atual, existem diversas outras formas de associar histórias de cinema, livros e séries ao conteúdo de estudo. Thor também pode ser usado para explicar Física, devido à característica principal do Deus do Trovão.

Capitão América: Considerado o líder da equipe apesar de não ter grandes superpoderes. É um super-soldado que teve suas capacidades físicas potencializada por experimentos científicos de fins militares. Sua origem aconteceu na segunda guerra mundial e foi muito popular durante a guerra fria. É um personagem que permite ilustrar esses dois momentos históricos importantes e também discutir temas como nacionalismo, democracia e autoritarismo. O escudo que usa também permite exemplos interessantes nas aulas de física.

Homem-aranha: Um dos personagens mais queridos pelos mais jovens, que se identificam com sua personalidade juvenil e divertida. Seus poderes são habilidade proporcionais de uma aranha, como destreza, velocidade e força, que foram obtidos ao ser picado por uma aranha alterada geneticamente. Pode ser usado para exemplos em biologia e sua teia também permite vários exemplos interessantes para química e física. A história do personagem também permite discussões sobre bulling.

 

5 Motivos para Recomendar Harry Potter para seu Aluno que Não Gosta de Ler

 

        Também recomendamos uma visita ao canal do Youtube Nerdologia e Jujuba Atômica, que traz conhecimentos sobre ciência com base nestes e outros personagens da cultura pop. Uma maneira muito interessante de chamar a atenção do seu aluno, aproveitando temas que ele gosta e procura espontaneamente.

Esperamos assim ter contribuído de alguma forma!!

 

5 Páginas de Facebook/Instagram para Indicar ao seu Aluno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *