All for Joomla All for Webmasters

Alfabetização e Letramento de Jovens e Adultos

 

 

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade específica da Educação Básica que se propõe a atender um público que por algum motivo teve seu direito à educação, durante a infância e/ou adolescência, negado, seja devido à falta de oportunidade, inadequações do sistema de ensino ou pelas condições socioeconômicas desfavoráveis.

Este sistema de educação busca dar oportunidade para esses cidadãos, de forma que possam se alfabetizar e se tornar letrados, revertendo um quadro importante: índice de analfabetos e semianalfabetos. Assim o principal objetivo do EJA é reverter à situação de milhares de jovens e adultos que não conseguiram ou tiveram acesso à educação básica no período regular.

O artigo 37 da nossa legislação, referente ao direito a criança, diz que a educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na idade própria. Sendo que, de acordo com seu primeiro inciso, os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida e de trabalho, mediante cursos e exames.

 

 

Dito isto, o profissional que será responsável por tal ato deve estar preparado, pois as técnicas que são aplicadas muitas vezes fazem com que as pessoas desistam. Embora exista uma variedade considerável de materiais organizados pelo Ministério da Educação (MEC) e pelas secretarias estaduais e municipais do país (disponíveis gratuitamente na internet), muitos educadores ainda recorrem aos livros usados na educação das crianças.  Cria-se então uma infantilização do ensino, desanimando muitas vezes o aluno.

É importante saber separar! A Educação de jovens e adultos é uma modalidade da educação que tem duas funções bases: reparadora e emancipadora. O especialista, ou o aluno da especialização, em Alfabetização e Letramento aprenderá a utilizar o “didatismo” e do “conteudismo”, juntamente com a amplificação de sua competência como professor. Existem três pontos bases para este profissional:

 

1º ter domínio dos assuntos educacionais e pedagógicos;
2º Ter domínio sobre avaliação e currículo;
3º Saber trabalhar com projetos

 

 

No EJA o foco está na pessoa humana! O diálogo é dado de forma diferente, a história de vida que essa pessoa tem é diferente e o professor precisa mediar essa nova relação. As formas mais tradicionais de seleção e abordagem dos conteúdos encontradas no Ensino Regular devem dar lugar a formas alternativas que possam favorecer a escolarização de trabalhadores anteriormente excluídos deste processo. Os principais pontos que devem ser evitados nesta abordagem são: a apresentação de conteúdos infantilizados, linguagem infantilizada, conteúdos aparentemente abstratos serem trabalhados sem relação com sua utilidade concreta e, principalmente, o aluno ser estigmatizado como alguém que nada sabe e o professor o detentor do saber.

Vale lembrar que a meta principal do EJA é a formação para a autonomia do sujeito e dar o que um dia lhe foi negado. Assim quanto melhor for o entendimento do profissional, melhor será o resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *