All for Joomla All for Webmasters

5 Motivos para Recomendar Harry Potter para seu Aluno que Não Gosta de Ler

 

Há muitos anos, um amigo de escola me apresentou a obra cinematográfica de Harry Potter. Antes deste primeiro contato, eu tinha muito preconceito com a história, mas depois, passei não apenas a gostar dos filmes, mas me abri às páginas dos livros. Harry Potter foi meu primeiro livro.

O primeiro livro de Harry Potter foi lançado em 1997. O contexto para apenas criar o livro já é digno de uma boa história. A autora J.K. Rowling estava enfrentando momentos difíceis. Um divórcio, depressão e problemas financeiros que a fizeram até mesmo solicitar auxilio de subsídios estatais. O Livro foi recusado por dezenas de editoras até que a Blomsbury decidiu publica-lo, e então, a história cativou milhões de pessoas pelo mundo, a ponto de fãs dormirem nas portas das livrarias para adquirem um novo exemplar. Um sonho, não?

A história conta a vida de um garoto chamado Harry, que, antes vivendo com seus tios, conhecia uma versão a respeito de seu passado que não condizia com a realidade. Junto com a revelação de seu transato, veio a descoberta do que ele suspeitava, mas não sabia como intitular. Harry é um Bruxo. Após as novas descobertas, o garoto conhece um novo mundo mágico, onde todo tipo de anormalidade é tratado como algo regular. E um fato muito mais peculiar lhe atinge, o garoto é um herói e símbolo de resistência, antes mesmo de saber qualquer encanto.

Agora vamos ao ponto que te trouxe ao texto, por que o recomendar este livro ao meu aluno que detesta ler? Vamos numerar algumas razões.

 

1 – Leitura Fácil

 

Apesar de ser um livro para todas as idades, Harry Potter tem uma leitura tão simples que desmitifica a ideia de que livros são difíceis de entender ou cansativos, argumento adotado por pessoas em busca de uma boa desculpa.

Muitos alunos, inicialmente tiveram um contato negativo com o aprendizado da leitura, pois foi vista como exercício ao invés de algo prazeroso e profundo. Em Harry Potter, a história vai ficando tão interessante, que conforme as páginas vão virando, maior fica a curiosidade para saber o que vai acontecer. Ler Harry Potter é tão agradável como ver o filme, o que provavelmente seus alunos já fizeram.

 

2 – Crescer junto com o livro

Os primeiros livros do Harry Potter são sem dúvidas perfeitos para crianças com cerca de 11 anos, afinal é esta a idade do protagonista no primeiro livro. Porém no decorrer da saga o Harry Potter cresce e amadurece, até se tornar um jovem adulto, e a narrativa acompanha o crescimento do personagem.

Da mesma forma, a criança que leu A Pedra Filosofal com 11 anos e continuou lendo os livros seguinte, com certeza se identificou com o crescimento do personagem e viu nele muitos dos dilemas e conflitos que todos passam durante a pré-adolescência e adolescência. É uma saga que cresce junto com o leitor, e que pode acompanha-lo durante todo este período, fundamental na formação de uma pessoa. Não é à toa que toda uma geração cresceu gostando de livro graças a Harry Potter, afinal a leitura foi algo muito importante para elas na transição de infância para juventude.

 

Leia Também: 5 Páginas de Facebook/Instagram para Indicar ao seu Aluno

 

3 – 7 Livros, 7 níveis de leitura.

 

Harry Potter tem 7 livros (Saga Principal), na soma são 3262 páginas, mas calma. Nunca diga isso ao seu aluno. Até porque o primeiro livro tem apenas 224 páginas e vai servir, principalmente, para fisgar o interesse e o desafio ao aluno.

Disponha apenas o primeiro livro, e o restante, a curiosidade fará o trabalho por você.

 

Leia Também: Conheça o Professor brasileiro indicado ao “Nobel da Educação”

 

4 – Imaginação

 

Se a pré-adolescência está sacrificando a imaginação que um dia seu aluno teve na infância, este livro pode aguça-la novamente. A obra Harry Potter foi lançada em 1997, e desde então, diversas pessoas foram impactadas, e se sentiram incentivadas a escrever algo, mesmo que sem projeção, mesmo que para si próprio.

No universo de Fanfics, muitos escritores já expuseram suas histórias paralelas ao universo Harry Potter, e não é difícil se interessar ou até mesmo se imaginar nesse mundo de fantasia proporcionado por J.K. Rownling.

 

5 – Todo mundo sabe, O Livro é melhor que o Filme.

 

Quantas vezes você foi assistir aquele filme, que foi um livro maravilhoso, mas muito do que você esperava ver na tela não se concretizou? Muitos dos seus alunos já assistiram Harry Potter, e acredite, eles não sofreram tantos Spoilers, quanto você imagina.

Apesar da adaptação ser maravilhosa, existem detalhes nos livros que não foram adaptados para obra cinematográfica, e quando seu aluno se deparar com esses fatos ocultos, não vão apenas se tornar apenas críticos literários, vão se tornar críticos de cinema.

 

Leia Também: Todos Contra o Bullying

 

A franquia tem tamanho sucesso que se expandiu não apenas para o cinema, mas também para jogos eletrônicos, brinquedos, fantasias e todo esse conteúdo pode ser expandido para melhor experiência do leitor. Como o jogo gratuito Hogwarts Mistery, recentemente lançado para celulares Android, onde o jogador pode mergulhar na fantasia e se tornar um aluno de Hogwarts.

Existem diversos motivos para se indicar Harry Potter para professores e alunos, como, a importância de boas amizades, respeito as diferenças sociais, respeito aos professores, mas com certeza a maior motivação de todas é formar uma juventude leitora. Leituras mais maduras virão e a busca pelo conhecimento permanecerá sendo a jornada mais enriquecedora, mesmo quando feita aos passos da ficção.

 

Recomendamos para Você: 5 Canais do Youtube para seu Aluno aprender Mais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *